Portal NetEscola

Portal de conteúdo para alunos da Rede Pública de Goiás.

Aula 4 – Geografia 6 º ano - 30/04/2020

OLÁ PESSOAL!!!! NA AULA PASSADA INICIAMOS NOSSOS ESTUDOS SOBRE OS RIOS. HOJE VAMOS ESTUDAR SOBRE A ENERGIA HIDRELÉTRICA. BORA LÁ? SEGUEM DOIS TEXTOS PARA SER LIDOS ATENTAMENTE:

Imagem de uma usina hidrelétrica.


www.portaldoprofessor.mec.gov.br

A ENERGIA HIDRELÉTRICA

O uso dos rios para a produção de energia elétrica é feito por meio da implantação de usinas hidrelétricas em determinados pontos de passagem das águas (ou cursos fluviais). Elas são instaladas nos rios que apresentam elevado potencial hidrelétrico, ou seja, acentuadas inclinações ou desníveis em seus cursos que viabilizam a construção de quedas d’água artificiais. Em geral, essas condições estão melhor definidas nos rios que passam por áreas de relevos planos em médias ou grandes altitudes (planaltos) para áreas com relevo mais acidentado.

Entre as vantagens, em termos ambientais, de se produzir eletricidade por meio de hidrelétricas, pode-se destacar o fato destas usinas utilizarem uma fonte de energia limpa, não poluidora, especialmente se as compararmos com as termoelétricas, movidas a petróleo ou a carvão mineral, e, principalmente com as usinas nucleares e seus riscos, no que diz respeito à radioatividade. No mundo atual, utilizar fontes energéticas não poluentes representa, sem dúvida nenhuma, um aspecto extremamente valorizado.

Acontece que a usina hidrelétrica também apresenta problemas que representam sérios riscos para o meio ambiente. Entre as principais desvantagens ambientais das hidrelétricas pode-se destacar os desastres provocados pela formação de imensos lagos, onde antes havia apenas os cursos fluviais. Isso interfere profundamente na natureza do lugar onde a usina está sendo instalada, podendo provocar fortes impactos ambientais como, por exemplo, o alagamento de grandes áreas de solos férteis; o afogamento de grandes porções de vegetação de grande porte; o desaparecimento de espécies da fauna e da flora regional, de grande importância para a manutenção do equilíbrio biológico (dos seres vivos); e a ocorrência de alterações na umidade nas chuvas daquele local, com possíveis interferências na variação da temperatura.

OS PROBLEMAS DA GERAÇÃO DE ENERGIA


Disponível em: https://sites.google.com/site/huedersonbotura/usina-hidreletrica Acesso em 28 de mar. de 2020.

As usinas hidrelétricas utilizam quedas naturais ou, mais frequentemente, rios represados, por intermédio de barragem (barreiras artificiais) de modo a obter-se o desnível e a passagem constante de água (vazão) necessários à rotação das turbinas que acionam os geradores de corrente elétrica. Utilizando apenas a força física da água sob efeito da gravidade, as usinas hidrelétricas não produzem resíduos, como fumaças, gases ou cinzas, contaminadores do meio ambiente. Mesmo assim podem causar graves impactos ambientais, dependendo do local em que se situam a barragem e a represa por ela formada.

É necessário considerar, primeiramente, que uma barragem deforma o rio e a paisagem local. Dessa deformação geográfica podem resultar benefícios ou prejuízos. O enfrentamento de todos os benefícios e prejuízos possíveis deve ser feita anteriormente, em cada caso, a fim de se observar se a soma dos benefícios obtidos compensa a consequência da soma dos prejuízos.


Disponível em: https://ecoa.org.br/represas-na-borda-do-pantanal-causarao-danos-irreversiveis/  Acesso em: 28 de mar. de 2020

Desse modo, dificilmente irá compensar uma barragem construída com o objetivo único de gerar energia. Apesar disso, ela pode tornar-se muito importante para uma região se, além de gerar energia, criar possibilidades de navegação, permitir a irrigação de áreas desérticas ou inférteis, facilitar o abastecimento de água potável e o desenvolvimento da piscicultura (criação de peixes).

Por outro lado, ao submergir as enormes quantidades de matéria orgânica, representadas principalmente pelas florestas inundadas, inicia-se o processo de putrefação (“apodrecimento”) das árvores submersas. Assim sendo, foi observado em processos semelhantes o aparecimento de um ácido nas águas do rio que sufoca os peixes do local e também corrói as turbinas da recém-construída hidrelétrica.

Disponível em: https://tinyurl.com/economia-rios – adaptado Acesso em 28 de mar. de 2020.

VAMOS TESTAR NOSSOS CONHECIMENTOS? RESPONDA NO SEU CADERNO.

01. O que ocorre com o trajeto dos rios onde se constroem barragens para usinas hidrelétricas? Explique as consequências.

02. Qual a relação dos rios com as primeiras cidades humanas?

03. Conceitue bacia hidrográfica.

04. Faça um pequeno texto sobre a função das eclusas.

05. Leia o texto a seguir.

“Benção ou flagelo? A usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, ainda divide opiniões em Altamira, típica cidade amazônica encravada no centro do Pará. Para 43% de seus moradores, segundo pesquisa do Data folha, a cidade ficará melhor quando terminar a construção da usina, em 2019. Outros 44% predizem que ela estará pior – um claro empate técnico (…)”.

(LEITE, M. Usina hidrelétrica de Belo Monte divide as opiniões em Altamira. Folha de S. Paulo, 14/12/2013. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br>. Acesso em: 28/02/2014).

Sobre a polêmica que envolve a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, faça um comentário sobre a contestação da construção dessa usina.

Acesse o link que se segue para subsidiar sua resposta.

https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/usina-belo-monte.htm Acesso em: 23/04/2020.

06. Se grande parte da água das chuvas vem da transpiração da vegetação natural, qual é a importância das florestas e das matas para o equilíbrio natural e para as atividades econômicas que dependem dos rios?

MUITO BEM PESSOAL!!! POR HOJE É SÓ!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *