Portal NetEscola

Editorial – 2ª SEMANA Língua Portuguesa – 7° Ano - 12/08/2020





Bem vindos para mais uma aula pessoal!

I – OBJETO DE CONHECIMENTO: Estratégia de leitura – Distinção de fato e opinião/ Identificação de teses e argumentos – Gênero: Editorial

II – ATIVIDADES:

Leia os textos e depois responda as atividades no caderno.

 

Texto 1

                              De olho no futuro

         Quatro meses se passaram desde que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) começou a ser comentada no Brasil. Desde então, medidas preventivas estão sendo tomadas a todo momento, com mudanças constantes entre restrições e liberações, para que a população possa dar continuidade em suas vidas de forma segura, sejam elas pessoais, profissionais ou estudantis.

         Em Curitibanos, o comércio e indústrias têm sentido o reflexo deste momento de crise de saúde, que afetou diretamente a situação econômica de todos, com demissões e restrições financeiras que se amontoam dia a dia. Neste momento, a incerteza no futuro é uma frequente, da mesma forma que a confiança do empresário local, que tem abusado da criatividade para manter ativas suas frentes de trabalho.

        Esta semana marcou o início do segundo semestre de um ano que a impressão é não estar sendo visto passar. Se os primeiros meses foram de amargar dívidas e problemas em diversos setores, a segunda parte do ano vem com a esperança de dias melhores. Mesmo com retomada lenta e incerta, todos os segmentos de trabalho estão se readequando e reaprendendo a garantir sua continuidade no mercado de trabalho, exigindo esforços e confiança de empregados e empregadores.

        Enquanto não há vacina para proteger a população contra este inimigo invisível, a única saída tem sido aprender a conviver com o vírus, com medidas de prevenção contra contágio e de forma que todos possam continuar seguindo em frente, pois a esperança e a proteção da saúde, são as palavras de ordem para esta segunda parte de 2020.

1)Qual a finalidade do texto em estudo?

 

2)Qual o fato que gerou o editorial?

 

3)Os editoriais são gêneros textuais que fazem parte de que grupo de textos?

 

a)( ) Jurídicos.

b)( ) Religiosos.

c)( ) Publicitários.

d)( ) Jornalísticos.

 

4) No editorial em estudo, o autor do texto faz uso de argumentos e informações que colaboram para construir sua ideia. Indique alguns desses argumentos apresentados no texto.

 

5) Sabe-se que os textos dissertativo-argumentativos são construídos a partir de argumentos e de informações que comprovem esses argumentos. Então, ao analisar as frases seguintes retiradas do texto I, informe se elas correspondem à informação (I) ou à opinião (O).

 

a)[…[ o comércio e indústrias têm sentido o reflexo deste momento de crise de saúde. (  )

b)[…] a incerteza no futuro é uma frequente. ( )

c)[…] um ano que a impressão é não estar sendo visto passar. ( )

d)Enquanto não há vacina para proteger a população […] (  )

e) […] com medidas de prevenção contra contágio […] ( )

f) […] pois a esperança e a proteção da saúde, são as palavras de ordem […] ( )

 

6) Sobre o gênero textual editorial é correto afirmar:


a) ( ) Pode ser escrito por qualquer cidadão que queira manifestar a sua opinião sobre algum assunto.

b) ( ) Expõe fatos e informações recentes com o objetivo de deixar os leitores informados sobre os últimos acontecimentos.

c) ( ) Representa a opinião da empresa jornalística sobre algum assunto em pauta no momento.

d) ( ) Informa a população sobre pesquisas recentes que explicam problemas que estão afetando a sociedade.

Texto 2

                        À espera do sinal verde

           A entrevista coletiva dos secretários municipais diretamente envolvidos no combate à pandemia de Covid-19 para detalhar a proposta de retomada de atividades e segmentos pode ser analisada por dois prismas. Para quem se vê há quase cinco meses obrigado a manter as portas fechadas e abrir mão do atendimento presencial, ela se mostrou frustrante, por não trazer a informação mais ansiada: uma data palpável. Por outro lado, trouxe um panorama a ser levado em consideração dentro das sinalizações científicas e do monitoramento de especialistas. Que são exatamente os pontos primordiais para a tomada de qualquer decisão relativa à flexibilização das regras de circulação.

         Parece mais do que sensato tomar como base os principais indicadores referentes à doença em Belo Horizonte. Não é de hoje que o número médio de transmissão por infectado (Rt) inferior a 1 é a meta no que diz respeito à curva de contágio pelo novo coronavírus. Na prática, sinal de que uma pessoa com a doença, em média, não a transmitiria para múltiplas outras. Ainda assim, há o tempo de incubação para que eventuais novos casos se confirmem e mantenham a pressão sobre o sistema de saúde. Exatamente onde entram os percentuais de ocupação de leitos de UTI e enfermaria na rede pública pela Covid.

        Desde o primeiro momento da pandemia estava claro que cada cidade ou região teria de lidar com o enfrentamento de acordo com a sua realidade. O que torna estéril qualquer tentativa de comparação com outras regiões do país que, porventura, estejam em fase avançada de reabertura. Há que se lembrar ainda que muitas das que o fizeram de forma precipitada foram obrigadas a recuar, alongando o período de quarentena e incertezas.

        Quando for possível trocar os sinais de vermelho, amarelo e verde para verde, verde e amarelo (em que ordem for), aí sim será possível levar o plano adiante, com maior possibilidade de êxito. A quem reclama que nada tem sido feito, ou que o prazo se estende de forma demasiada, vale lembrar que já existem os protocolos a serem adotados, bem como a determinação das fases de reabertura. O prazo exato não depende apenas da Prefeitura ou do sistema de saúde, mas de todos. E quanto mais se fizer para inibir a transmissão do vírus, mais rápido os indicadores permitirão os passos tão esperados.

7)O editorial acima tem qual objetivo?

 

8)O texto apresenta características, principalmente

a)( ) narrativas.

b)( ) instrucionais.

c)( ) argumentativas.

d)( ) descritivas.

9)No editorial em estudo, o autor do texto faz uso de argumentos e informações que colaboram para construir sua ideia. Indique alguns argumentos apresentados no texto.

 

10)No editorial em estudo, que fundamento o autor do texto faz para construir a defesa da tese. Indique a alternativa que apresenta as estratégias argumentativas encontradas no texto.

 

a) ( ) Pensamentos filosóficos.

b) ( ) Opiniões de autores e livros.

c) ( ) Resultados de uma pesquisa relevante.

d) ( ) Dados informativos.

 

11)Quais são as principais características do gênero editorial?

 

a)( ) Texto narrativo em 1ª pessoa, linguagem subjetiva.

b)( ) Texto informativo, que expressa uma opinião, linguagem formal, clara e objetiva.

c)(  ) Texto curto, com gírias, pois está endereçado a um público alvo: adolescentes..

d)(  ) Texto com imagens, linguagem simples, humor e ironia.

 

12)Para escrever um EDITORIAL o autor precisa

 

a) ( ) criar fatos e personagens conforme sua imaginação.

b) ( ) utilizar-se de um assunto pouco conhecido pelos leitores.

c) ( ) falar sobre uma realidade polêmica.

d) ( ) ser complexo e utilizar um vocabulário acima do padrão.

Por hoje é só pessoal, lembrem-se: fiquem em casa e lave as mãos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *