Portal NetEscola

Gênero: romance infanto-juvenil – 7º Ano – 4ª Quinzena – 3º Ciclo – Aula e Impressão - 19/10/2020

Oláaaaaa.... você está bem? Respire fundo..... Prepare-se pra mais uma atividade!!!Inspire-se

       Romance infanto-juvenil

Disponível em: https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQU07BbrPOambzBlS3hBfUlV-KCIZajHsoqqA&usqp=CAU/Acesso em 10 de set. de 2020.

Disponível em: https://www.infoescola.com/literatura/escritores-da-literatura-infanto-juvenil/Acesso em 10 de set. de 2020.

 

    O gênero literário Romance infantojuvenil é dirigido particularmente ao público infantil e aos que se encontram na adolescência. O tema enfocado pelos autores desta categoria está diretamente relacionado à faixa etária do leitor. Enquanto as obras infantis têm como público-alvo os leitores de dois a dez anos de idade, as juvenis são compostas para adolescentes de dez a quinze anos.

    Quando falamos em Romance, logo pensamos em algo romântico, de paixões. No entanto, o Romance literário nem sempre aborda esses assuntos. Na verdade, ele é um gênero literário que corresponde a uma composição em prosa, ou seja, uma narrativa com diversas tramas para se chegar à ideia principal.

O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa descreve o termo como sendo uma “Descrição longa das ações e sentimentos de personagens fictícios, numa transposição da vida para um plano artístico”.

 

Estrutura dos Romances

 

    Podemos destacar quatro características que fazem parte da estrutura desse tipo de obra, são elas:

  •  
  •  Narrador: é a pessoa que conta a história. Ele pode ser um dos personagens, que nesse caso, é considerado um narrador em primeira pessoa; ou apenas uma figura responsável pela narração da história.
  •  
  • Personagens: são as figuras/pessoas que fazem parte da obra. Elas são representadas de forma que o leitor conheça as suas histórias através de representações fictícias. No caso do Romance, o personagem principal é considerado o protagonista.
  •  
  • Enredo: corresponde a sequência dos fatos que serão contados. É a partir do enredo que se desenvolve a história e é possível atingir o tema central do texto.
  •  
  • Tempo: organização dos fatos que ocorrerão na história. Ele pode ser cronológico ou psicológico. O primeiro é marcado pela passagem de horas, dias, anos etc. Já o segundo é mais subjetivo, pois refere-se ao tempo interior dos personagens.

Disponível em: https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/lingua-portuguesa/romance/Acesso em 10 de set. de 2020.

Atividades

 

    Leia o texto abaixo, um fragmento do livro “A culpa é das estrelas”, de John Green para responder às       próximas atividades:

 

    – Augustus, talvez você queira falar de seus medos para o grupo.

    – Meus medos?

    – É

    – Eu tenho medo de ser esquecido – disse de sem querer um momento de pausa. (…)

    Olhei na direção do Augustus Waters, que me devolveu o olhar. Quase dava para ver através dos olhos dele, de tão azuis que eram.

    – Vai chegar um dia – eu disse – (…) Vai chegar um dia em que não vai sobrar nenhum ser humano sequer para lembrar que alguém já existiu ou que nossa espécie fez qualquer coisa nesse mundo.

    Não vai sobrar ninguém para se lembrar de Aristóteles ou de Cleópatra, quanto mais de você. Tudo o que fizemos, construímos, escrevemos, pensamos e descobrimos vai ser esquecido e tudo isso aqui – fiz um gesto abrangente – vai ter sido inútil. Pode ser que esse dia chegue logo e pode ser que demore milhões de anos, mas, mesmo que o mundo sobreviva a uma explosão do Sol, não vamos viver para sempre. (…) E se a inevitabilidade do esquecimento humano preocupa você, sugiro que deixe esse assunto para lá. (…)

    Assim que terminei, fez-se um longo silêncio, e eu pude ver um sorriso se abrindo de um canto ao outro no rosto do Augusto – não o tipo de sorriso (…) do garoto tentando (…) me encarar, mas um sorriso sincero, quase maior que a cara dele.

    – Caramba! – disse ele baixinho – Não é que você é mesmo demais?

 

Disponível em: https://encryptedtbn0.gstatic.com/images?q=tbn/Acesso em 10 de set. de 2020

 

 

 

  1. A que gênero literário pertence a obra “A culpa é das estrelas”?

 

  1. O fragmento lido do texto “A culpa é das estrelas” apresenta características
  1. a) (   ) descritivas.
  2. b) (   ) instrucionais.
  3. c) (   ) argumentativas.
  4. d) (   ) narrativas.

 

  1. Com que finalidade o texto acima foi escrito?

 

 

4. De acordo com esse texto, qual é o maior medo do personagem Augusto?

 

Viva a literatura infantojuvenil!!!!

 

  1. Na expressão “- Caramba!“, o ponto de exclamação reforça a ideia de

 

 

  1. a) ( ) admiração.
  2. b) ( ) constrangimento.
  3. c) ( ) crítica.
  4. d) ( ) desconfiança.

 

  1. De acordo com esse texto, era possível ver através dos olhos de Augustus porque
  1. a) (   ) encaravam a narradora.
  2. b) (   ) eram maiores que o rosto.
  3. c) (   ) eram muito azuis.
  4. d) (   ) pareciam sinceros.

 

  1. O trecho “Vai chegar um dia em que não vai sobrar nenhum ser humano sequer para lembrar que alguém já existiu ou que nossa espécie fez qualquer coisa nesse mundo.”, foi construído a partir de qual figura de linguagem?

 

  1. Qual é o trecho que apresenta ideia de tempo?
  1. a) (   ) “Augustus, talvez você queira falar de seus medos”
  2. b) (   ) “Quase dava para ver através dos olhos dele”
  3. c) (   ) “Assim que terminei, fez-se um longo silêncio”
  4. d) (   ) “sorriso se abrindo de um canto ao outro no rosto”
São lindas histórias!!!
  1. A linguagem utilizada no trecho “-Caramba! – disse ele baixinho – Não é que você é mesmo demais?” é
  1. a) (   ) culta
  2. b) (   ) informal    
  3. c) (   ) regional   
  4. d) (   ) técnica

 

  1. Localize no texto um adjetivo e diga a que substantivo ele se refere.

Disponível em: http://diogoprofessor.blogspot.com/2015/09/atividade-partir-do-romance-culpa-e-das.html/Acesso em 10 de set. de 2020.  

 

Pra você! Você finalizou mais uma atividade!
Não se esqueça de lavar regularmente as mãos! E... imprima a atividade!