Portal NetEscola

Gênero: Verbetes de Enciclopédia – 6º Ano – 6ª Quinzena – 3º Ciclo – Aula e Impressão - 19/11/2020

Tudo bem? Hora de começarmos mais uma atividade, certo?
O tema de hoje é bem interessante: Verbetes de enciclopédia!!! Bora?

https://youtu.be/CoQ_HnsLGaMhttps://youtu.be/Z5Z-tLa7VNs

Bora começar?

Verbetes de Enciclopédia

    Verbete enciclopédico é um gênero textual de natureza expositiva, encontrado, como o nome já diz, em enciclopédias. Elas são organizadas em verbetes. Eles têm como objetivo apresentar definições e informações sobre um determinado assunto, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Podem conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar as informações.

    Atualmente, há mais uso das enciclopédias virtuais, sendo a Wikipédia a mais conhecida. Ela é colaborativa, ou seja, todos podem editar e fornecer conteúdo, criando ou modificando um verbete, tornando, assim, o texto dinâmico. A leitura em um verbete enciclopédico impresso e virtual também muda, uma vez que, virtualmente, ela não é linear e os hipertextos permitem que o leitor opte por diferentes caminhos e textos, aprofundando o tema.

Disponível em: https://static.educalingo.com/img/pt/800/enciclopedia.jpg/Acesso em 28 de set. de 2020.

Disponível em: https://novaescola.org.br/plano-de-aula/3254/verbete-de-enciclopedia-impressa-e-digital-semelhancas-e-diferencas-no-contexto-de-producao /Acesso em 28 de set. de 2020. (Adaptada)

Disponível em: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/5e/Firefox_58_no_Windows_10.png/Acesso em 21 de set. de 2020.

Atividades

 

  1. De que forma você busca conhecimento a respeito de um assunto que não conhece?

Leia o texto abaixo para responder às próximas atividades:

 

 

Botânica

BOTÂNICA – s. f. (do gr. botanikê, de botáné, planta.) Estudo científico dos vegetais. Adj. Relativo às plantas, ao reino vegetal, à botânica. Histórico. A etnobotânica encerra a origem da botânica, que foi praticada por todos os povos e consiste em conhecer e denominar plantas inteiras, partes de plantas (folhas, frutos, grãos) ou os produtos vegetais suscetíveis de serem usados como remédios, venenos, alimentos, bebidas e em magia. O grego Teofrastos, discípulo de Aristóteles, foi o primeiro a propor uma classificação “desinteressada” das plantas, opondo monocotiledôneas e dicotiledôneas. Foi somente no séc. XIV que o afluxo de plantas novas, chegadas das Américas, estimulou o esforço de classificação botânica (Césalpin, Bauhin). No séc. XVIII, Lineu definiu numerosas espécies, porém classificou-as mal, enquanto os Jussieu delimitaram as grandes famílias. Enfim, no séc. XIX, P. de Candolle definiu as classes e as ramificações. A anatomia e fisiologia vegetais são as mais recentes: no séc. XVIII, Grew descreveu a reprodução por estames e pistilos. Haller estabeleceu a circulação da seiva em 1727; Ingen-Hoousz definiu a liberação de oxigênio por parte das plantas iluminadas em 1779; Thuert descreveu a fecundação das algas em 1854; Navachine determinou a dupla fecundação das angiospermas em 1898. No séc. XX, chegamos a bom conhecimento da fotossíntese (ciclo de Calvin), das auxinas ou substâncias de crescimento (Went), da simbiose (Noel Bernard) e das leis da florescência (fotoperiodicidade). A botânica atingiu o estágio de experiência em grande escala com os fitótrons (Pasadena, nos EUA; Gif-sur-Yvette, na França).

Grande enciclopédia Larousse. São Paulo: Nova Cultural, 1998, vol.4, p. 341.

 

 

  1. Esse texto é um exemplo de
  1. a) (   ) um relatório.
  2. b) (   ) um verbete de enciclopédia.
  3. c) (   ) uma biografia.
  4. d) (  ) uma notícia.

 

  1. Acerca do texto, responda:

 

  1. a) Com que finalidade o texto acima foi escrito?
  2. b) A que classe de palavra pertence o vocábulo “botânica” e qual é o seu significado?
  3. c) Releia novamente esse verbete de enciclopédia e circule duas palavras que você não saiba o significado. Consulte no dicionário o significado dessas palavras.

Leia o texto abaixo para responder às próximas atividades:

Fotografia (do grego φως [fós] (“luz”), e γραφις [grafis] (“estilo”, “pincel”) ou γραφη grafê, e significa “desenhar com luz e contraste”[1]), por definição,[2] é essencialmente a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível.[3] A primeira fotografia reconhecida remonta ao ano de 1826 e é atribuída ao francês Joseph Nicéphore Niépce. Contudo, a invenção da fotografia não é obra de um só autor, mas um processo de acúmulo de avanços por parte de muitas pessoas, trabalhando, juntas ou em paralelo, ao longo de muitos anos. Se por um lado os princípios fundamentais da fotografia se estabeleceram há décadas e, desde a introdução do filme fotográfico colorido, quase não sofreram mudanças, por outro, os avanços tecnológicos têm sistematicamente possibilitado melhorias na qualidade das imagens produzidas, agilização das etapas do processo de produção e a redução de custos, popularizando o uso da fotografia.

 

Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Fotografia/Acesso em 28 de set. de 2020.

 

 

  1. Qual é o público alvo e o local de circulação desse verbete?

 

  1. A linguagem utilizada neste verbete é

 

 

  1. a) (   ) objetiva e impessoal.
  2. b) (   ) subjetiva e pessoal.
  3. c) (   ) informal e pessoal.
  4. d) (   ) regional e popular.

 

 

Hum…. conhecer o significado… a origem das palavras… beleza!!!

6. Qual é a classe gramatical da palavra “é” sublinhada no texto?

  1. a) (   ) Artigo
  2. b) (   ) Conjunção.
  3. c) (   ) Verbo
  4. d) (   ) Preposição.
    Leia o texto abaixo para responder às próximas atividades:

    Classe gramatical – Verbos

 

    Os verbos possuem flexões de modos verbais que indicam a posição da pessoa falante face a ação verbal. Os verbos podem ser utilizados de diferentes maneiras, conforme a significação que se quer transmitir. Existem três modos verbais: o indicativo, o subjuntivo e o imperativo. Vamos explorar nas próximas atividades o modo indicativo, modo verbal que transmite uma ação certa e real. A pessoa falante apresenta uma posição de certeza e segurança, exprimindo a ação com precisão. O modo indicativo apresenta 3 tempos verbais simples: Presente, pretérito (passado) e futuro. O pretérito e o futuro se subdividem, conforme o esquema:

Presente 

Pretérito:    1. imperfeito Indicativo   

  1. perfeito               
  2.     mais-que-perfeito   

 Futuro: 1. do presente   

  1. do pretérito

Disponível em: https://www.conjugacao.com.br/modos-verbais /Acesso em 29 de set. de 2020. (Adaptado)

 

 

 

7) Fotografia é essencialmente a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível. Qual é a flexão de modo e tempo desse verbo?

 

 

 

  1. “Se por um lado os princípios fundamentais da fotografia se estabeleceram há décadas e, desde a introdução do filme fotográfico colorido, quase não sofreram mudanças, por outro, os avanços tecnológicos têm sistematicamente possibilitado melhorias na qualidade das imagens produzidas, agilização das etapas do processo de produção e a redução de custos, popularizando o uso da fotografia”. Qual é a flexão de modo e tempo desse verbo?

 

  1. Por que esses dois verbos do texto “Fotografia” estão flexionados no modo indicativo?

 

  1. Em sua opinião, é mais fácil pesquisar os verbetes de enciclopédia na versão impressa ou digital? Por quê?

 

Finalizamos mais uma atividae! Parabéns!!!!
Continue se cuidando…. use a máscara ao sair de casa!
Imprima esta atividade!  E…. até a próxima!
6º LP 6ª quinzena