Portal NetEscola

Ciências da Natureza – 8º Ano – Mecanismos reprodutivos – 1ª quinzena – 3º corte – IMPRESSÃO - 31/08/2020

Reprodução dos Animais e Plantas

        Reprodução é o processo em que indivíduos (progenitores) geram novos indivíduos semelhantes a eles (descendentes). Essa semelhança está relacionada com o material hereditário que passa de uma geração à seguinte. A reprodução é uma das principais características dos seres vivos e possibilita a continuidade das diferentes formas de vida. Existem dois tipos de reprodução:

 

Reprodução Assexuada: envolve apenas um progenitor, a partir do qual são formados novos indivíduos praticamente idênticos a ele. Na reprodução assexuada, o material genético do descendente é idêntico ao do progenitor.
Reprodução Sexuada: Geralmente envolve dois progenitores, um macho e uma fêmea. Ocorre a combinação do material genético dos progenitores, o que resulta no desenvolvimento de novas características nos descendentes, possibilitando ação de seleção natural. Esse tipo de reprodução acontece principalmente nos organismos pluricelulares.

Reprodução dos Animais

      Os animais podem se reproduzir tanto assexuadamente como sexuadamente. A reprodução assexuada dos animais ocorre principalmente em alguns grupos de invertebrados, apesar de algumas espécies de peixes, salamandras, lagartos e aves também apresentarem esse tipo de reprodução. A reprodução assexuada pode ocorrer de diversas formas, entre elas por Fragmentação e por Brotamento.

 

             

        A maioria dos animais se reproduz sexuadamente. Alguns animais como muito cnidários apresentam alternância de gerações, ou seja, alternam processos reprodutivos sexuados com assexuados.

       Em geral, a reprodução sexuada dos animais envolve a participação de indivíduos de sexos diferentes: o macho e a fêmea. Estes apresentam órgãos especializados, denominados gônadas, responsáveis pela formação dos gametas – células reprodutivas dos organismos.

  •       Nos machos, as gônadas são os testículos, responsável pela formação dos gametas masculinos, chamados espermatozoides – esses gametas são geralmente pequenos e móveis.
  •       Nas fêmeas, as gônadas são os ovários, nos quais ocorre a produção dos gametas femininos, chamados óvulos. Esses gametas são imóveis, maiores que os espermatozoides e acumulam substâncias que nutrem o embrião no início de seu desenvolvimento.

Reprodução das Plantas

        Assim como os animais, as plantas também se reproduzem assexuadamente e sexuadamente. A reprodução assexuada é mais comum entre as plantas do que entre os animais. Nelas, esse tipo de reprodução pode ocorrer por propagação vegetativa ou por meio de esporos.

  •         Propagação Vegetativa: a planta tem capacidade de formar novos indivíduos a partir de um fragmento dela mesma;
  •         Reprodução por Esporos: a planta se reproduz a partir de células reprodutivas, denominadas esporos. Um esporo, em condições favoráveis, pode originar um novo indivíduo, sem que ocorra fusão com outras células.

 

 

 

 

Reprodução Sexuada nas Plantas sem sementes

Durante seu ciclo de vida, as plantas apresentam uma alternância de

gerações, com dois tipos de indivíduos: o esporófito e o gametófito.

  • Esporófito: indivíduo que produz esporos;
  • Gametófito: indivíduo que produz gametas.

         O ciclo de vida das plantas sem sementes ocorre basicamente da seguinte maneira: os gametófitos formam gametas. A união do gameta masculino com o feminino dá origem ao zigoto, que forma o embrião. O embrião desenvolve formando um esporófito que produz esporo que dão origem a novos gametófitos.

Reprodução Sexuada nas Plantas com sementes

       Nas plantas com sementes (gimnospermas e angiospermas) o esporófito é grande e visível, correspondendo à fase mais conhecida da planta. Já o gametófito apresenta o tamanho reduzido e dura um período curto.

        Nas gimnospermas, os gametófitos encontram-se nos estróbilos, enquanto nas angiospermas os gametófitos estão nas flores.

Esse tipo de reprodução ocorre quando há transferência dos grãos de pólen para o sistema reprodutor das plantas (mais propriamente no estigma), ocorrendo a polinização.

http://Disponível em: <https://sites.google.com/site/projetodeinformaticaeducativa5/ reproducao-dos-animais-e-plantas>

Acesso em: 20 ago 2020.Fonte: https://docplayer.com.br/23415103-Blandina-felipe-viana-coordenadora-da-rede-polinfrut.html. Acesso em 19 ago. 2020.

 

          Na reprodução assexuada, não há o envolvimento de gametas, o que impede a variabilidade genética. É um tipo de reprodução relativamente simples, muito mais rápida do que a sexuada e que gera indivíduos idênticos àqueles que os originaram. A reprodução sexuada, diferentemente da assexuada, existe a presença de gametas e, por essa razão, ocorre a variabilidade genética. Nesse caso, observa-se a formação de um organismo diferente dos progenitores, uma vez que é resultado da combinação dos cromossomos presentes em cada gameta.

http://Disponível em: < https://www.biologianet.com/biodiversidade/reproducao-assexuada-sexuada.htm> Acesso em: 20 ago 2020.

       Quer conhecer mais sobre os processos de reprodução? Se possível, assista ao vídeo:https://www.youtube.com/watch?v=8_bvTiJO4u4

 

ATIVIDADES

1. Preencha a tabela a seguir relacionando reprodução sexuada e reprodução assexuada.

Tipos de Reprodução Sexuada Assexuada
Como ocorre    
Tipos existentes    
Exemplos de seres vivos    

2. Selecione a alternativa que completa as lacunas das afirmações seguintes:

I – Na reprodução __________________, não há o envolvimento de gametas, o que impede a variabilidade __________________.

II – O tipo de reprodução _______________ é observado, por exemplo, na grande maioria dos animais, inclusive nos seres humanos.

a) (  ) assexuada – genética – sexuada.

b) (  ) sexuada – genética – assexuada.

c) (  ) sexuada – molecular – sexuada.

d) (  ) assexuada – bioquímica – assexuada.

 

3. Organize as palavras no quadro abaixo e revele a frase relacionada à reprodução dos seres vivos.

SEXUADA  ASSEXUADA  GAMETAS SEXUADAMENTE  ASSEXUADAMENTE

Os animais, bem como as plantas, podem se reproduzir tanto ____________________ como _________________. Na reprodução _______________ não há variabilidade genética. Já na reprodução _______________ há o envolvimento de estruturas especializadas pela formação dos ____________, possibilitando essa variabilidade.

 

4. Analise as afirmações a seguir relacionadas aos processos reprodutivos dos seres vivos.

I – A reprodução assexuada é um tipo de reprodução relativamente simples, porém mais lenta do que a sexuada e que gera indivíduos diferentes àqueles que os originaram.

II – Na propagação vegetativa, usam-se partes da planta para se obter descendentes com as mesmas características da planta-mãe, ou seja, verdadeiros clones.

III – Na reprodução sexuada ocorre variabilidade genética e observa-se a formação de um organismo diferente dos progenitores, uma vez que é resultado da combinação dos cromossomos presentes em cada gameta.

Quais estão corretas?

a) (  ) Apenas I.

b) (  ) Apenas II.

c) (  ) Apenas I e II.

d) (  ) Apenas II e III.

 

5. Relacione os termos à sua definição adequada.

(A) Brotamento

 (B) Fragmentação

(C) Propagação vegetativa

      (    ) Um novo organismo forma-se a partir do fragmento de outro.     Esse processo, comum em alguns invertebrados, pode ser observado, por exemplo, em planária.

    (   ) Nesse processo, um pedaço de caule ou raiz é suficiente para dar origem a outro indivíduo. Como exemplo de organismo que se reproduz  por propagação vegetativa, temos a bananeira e a cana-de-açúcar.

    (  ) Ocorre pela formação de expansões do corpo do indivíduo, denominada brotos. O broto pode se separar e originar um indivíduo adulto ou pode permanecer unido ao progenitor, formando uma colônia. Como exemplo temos as hidras.

6. Comente sobre a importância da variabilidade genética relacionando aos mecanismos evolutivos.

Baixar o arquivo para impressão.