Portal NetEscola

Revisão do 1º corte – História – 8º ano – Atividade 5 - 18/03/2021

  1. No século XVIII, a Europa viveu o ápice das transformações ideológicas e culturais iniciadas com o Renascimento nos séculos XV e XVI.O Iluminismo foi a corrente de pensamento dominante na Europa do século XVIII e defendeu o predomínio da razão sobre a fé, representando a visão de mundo da burguesia. Este período também ficou conhecido como século das luzes.  Por que este período ficou assim denominado de século das luzes?

Imagem disponível em: https://www.timetoast.com/timelines/xviii-5d30a927-dd04-4aac-a2ea-3fab74e03106 Acesso em 22 de fev. de 2021.

2. O auge dessa efervescência do Iluminismo se deu no século XVIII – o “século das luzes”.  Destacamos alguns princípios iluministas: racionalismo, liberalismo, e o anticlericalismo. No quadro a seguir caracterize cada um deles.

RACIONALISMOLIBERALISMOANTICLERICALISMO
                 



3. A Revolução Inglesa pode ser dividida em quatro fases principais. Quais são elas?

4. A Lei dos Cercamentos de Terras estabeleciam que as terras que eram utilizadas de maneira geral passassem a ser cercadas e vendidas para nobres burgueses, que investiam nesses espaços. Essas áreas foram concentradas, gerando um êxodo rural. Explique com suas palavras o que foi o êxodo rural naquele período.

5. De um modo geral, a Revolução Industrial transformou não só o setor econômico e industrial, como também as relações sociais, as relações entre o homem e a natureza, provocando alterações no modo de vida das pessoas, nos padrões de consumo e no meio ambiente. Cada fase da revolução representou diferentes transformações e consequências mediante os avanços obtidos em cada período. Relacione a segunda coluna de acordo com cada uma das fases desta revolução.

a) A Primeira Revolução Industrial(   ) Integração entre ciência, tecnologia e produção, avanços na medicina; a invenção de robôs capazes de fazer trabalho extremamente minucioso e preciso; houve avanços na área da genética, trazendo novas técnicas que melhoraram a qualidade de vida das pessoas; possibilitou diminuir as distâncias entre os povos e a maior difusão de notícias e informações por meio de novos meios de comunicação; o capitalismo financeiro consolidou-se e houve aumento do número de empresas multinacionais. E não menos importante, todas essas transformações possibilitadas pela Revolução Industrial como um todo, transformou o modo como o homem relaciona-se com o meio. A apropriação dos recursos naturais para viabilizar as produções e os avanços tecnocientíficos têm causado grande impacto ambiental.  
b) A Segunda Revolução Industrial(  )Representou uma nova organização no modo capitalista, aumento significativo de indústrias, aumento significativo da produtividade. O homem ao ser substituído pela máquina saiu da zona rural para ir para as cidades em busca de novas oportunidades, dando início ao processo de urbanização. Esse processo culminou no crescimento desenfreado das cidades, na marginalização de boa parte da população, bem como em problemas de ordem social como miséria, violência, fome. Nessa fase, também, a sociedade organizou-se em dois polos: de um lado a burguesia e do outro o proletariado.  
c) A Terceira Revolução Industrial(  ) Teve como principais consequências, mediante o maior avanço tecnológico, o aumento da produção em massa em bem menos tempo, consequentemente o aumento do comércio e modificação nos padrões de consumo; muitos países passaram a se industrializar, especialmente os mais ricos, dominando, então, economicamente diversos outros países (expansão territorial e exploração de matéria-prima). O avanço nos transportes possibilitou maior e melhor escoamento de mercadorias e trânsito de pessoas; surgiram as grandes cidades e com elas também os problemas como superpopulação; aumento das doenças; desemprego e aumento da mão de obra barata e novas relações de trabalho.

6. A Revolução Francesa, iniciada no dia 17 de junho de 1789, foi um movimento impulsionado pela burguesia e que contou com uma importante participação dos camponeses e das massas urbanas que viviam na miséria. Internamente, a crise começava a provocar divisão entre os próprios revolucionários. Dois grupos políticos se destacaram neste movimento os Girondinos e os Jacobinos. No quadro a seguir caracterize cada um destes grupos.

                      

Se for possível, clique aqui para baixar ou imprimir a aula.