Portal NetEscola

Portal de conteúdo para alunos da Rede Pública de Goiás.

Artigo de opinião – 6 ª Semana Língua Portuguesa – 8 º Ano - 08/06/2020




Bem vindos para mais uma aula pessoal!

            Artigo de opinião 

            Como vimos na atividade anterior, artigo de opinião é um gênero de texto dissertativo muito frequente em jornais, revistas, blogs, etc. Feito a partir de um tema polêmico da sociedade, revelando, obrigatoriamente, a posição do autor (colunista), que nem sempre é um repórter, a respeito da situação exposta, motivo pelo qual possui, em sua maior parte, estruturas argumentativas.

            Como você se sente convivendo em uma sociedade na qual tem a oportunidade de se posicionar diante de um determinado assunto e discuti-lo, segundo suas observações, seus posicionamentos acerca da realidade que o cerca? Importante, não? Sim, pois essa atitude caracteriza você como sendo alguém que não cruza os braços diante de tudo que vê, diante de tudo que escuta, de tudo que assiste nos noticiários por aí.

            Dessa forma, por pertencer a essa categoria (de caráter argumentativo), deve obedecer à linguagem padrão, ou seja, nada de coloquialismo, a menos que seja em favor do seu projeto de texto, como é o caso de se referir a uma determinada situação.

Disponível em https://escolakids.uol.com.br/portugues/artigo-de-opiniao.htm Acesso em 14 de maio de 2020.

 

                 Leia o artigo a seguir para responder as próximas questões:

 

                                              GERAÇÃO DO CELULAR

                                                                                                                        Inaê Soares

            O uso do celular é considerado atualmente o maior entretenimento dos brasileiros, tem ocupado quase a metade das horas vagas da população e especialistas confirmam que as pessoas estão viciadas. Os usuários não usam o celular ou a internet apenas para olhar uma mensagem ou outra, e sim, ficam vidrados o dia inteiro, seja na rua, na praça, com os amigos e até mesmo no trabalho. As pessoas precisam aprender ter mais contato com o mundo real.

            As crianças estão passando horas do seu tempo livre em frente ao computador ou no celular em jogos que poderiam ser utilizadas para uma leitura de bons livros ou para uma conversa com os amigos. Adultos chegam do trabalho já vão conferir as últimas atualizações dos aplicativos de relacionamentos e até idosos estão aderindo à nova tecnologia. A cultura da população está mudando e isso preocupa.

            Acredito que as redes sociais foram criadas para que nós tivéssemos mais contato com as pessoas, mas está totalmente ao contrário. O que veio para aproximar acabou afastando. As redes sociais estão fazendo as pessoas antissociais umas com as outras. A comunicação que prevalece é a virtual e a prática de boas atitudes humanas, como o “bom dia”, “por favor”, são raros.

            Temos que incentivar às crianças, aos adolescentes e até aos adultos a se desconectarem do mundo virtual para se conectarem com o mundo real. Deixar o celular desligado quando estiver em família, curtir um passeio sem tantas selfies e dar preferência ao bate-papo olho-no-olho são situações que fortalecerão o relacionamento e o amor.

                                               Da Silva, Inaê Soares. Escola João Moreira Barroso. 

                                     Setembro de 2017 (Adaptado). Professor Maurício Araújo

 

                  ATIVIDADE 1

 

1) Qual o assunto do artigo de opinião?

 

2) Qual a finalidade do texto?

 

3) Segundo a autora, como os usuários do celular estão se comportando atualmente em relação aos          aplicativos de relacionamento?

 

4) Há uma opinião da autora em:

a) ( )“O uso do celular é considerado atualmente o maior entretenimento dos brasileiros…”

b) ( ) “… especialistas confirmam que as pessoas estão viciadas.”

c) ( ) “Adultos chegam do trabalho já vão conferir as últimas atualizações dos aplicativos de relacionamentos…”

d) ( ) “Acredito que as redes sociais foram criadas para que nós tivéssemos mais contato com as pessoas…”

 

5) No trecho: “…e sim, ficam vidrados o dia inteiro…”, a expressão grifada significa que os usuários

a) ( )passam muito tempo no celular.

b) ( )ficam bastante tempo na internet e isso causa problemas na visão.

c) ( )podem prejudicar o vidro do celular durante o toque com os dedos.

d) ( )são obrigados a usarem o celular.

 

6) A tese que a autora Inaê Soares defende está em:

a) ( ) “Os usuários não usam o celular ou a internet apenas para olhar uma mensagem ou outra, e sim, ficam vidrados o dia inteiro…”

b) ( ) “As crianças estão passando horas do seu tempo livre em frente ao computador ou no celular em jogos que poderiam ser utilizadas para uma leitura de bons livros…”

c) ( ) “As pessoas precisam aprender a ter mais contato com o mundo real.”

d) ( ) “… ficam vidrados o dia inteiro, seja na rua, na praça, com os amigos e até mesmo no trabalho.”

 

7) No trecho: “Adultos chegam do trabalho  vão conferir as últimas atualizações…” , a palavra em  destaque revela circunstância de

a) ( ) modo.

b) ( ) tempo.

c) ( ) lugar.

d) ( ) intensidade.

 

8) “A comunicação que prevalece é a virtual” – com essa afirmação a autora reforça a ideia de que

a) ( ) com a chegada da tecnologia, a comunicação virtual está diminuindo.

b) ( ) a comunicação real (olho-no-olho) está se tornando mais frequente.

c) ( ) todos os dias as pessoas estão comprando mais celular.

d) ( ) a comunicação por meio de aplicativos de celulares está se tornando mais frequente.

 

9) No trecho: “…e isso preocupa.”, o termo em destaque se refere

a) ( )aos adultos que chegam do trabalho e já vão para o celular.

b) ( )aos idosos que aderiram à nova tecnologia.

c) ( )à mudança da cultura da população.

d) ( ) às últimas atualizações  dos aplicativos de relacionamento.

 

10) Qual a proposta de solução apresentada pela autora para minimizar os problemas causados pelo celular?

 

Disponível em: http://tudosaladeaula.blogspot.com/2017/09/interpretacao-de-texto-artigo-de.html Acesso em 14 de maio de 2020. (Atividades adaptadas)

     

     ATIVIDADE 2

     Produção de texto

 

    Para ampliar seus conhecimentos, leia o artigo a seguir:

 

                                              CHEGA DE VIOLÊNCIA!

 

                                                                                                                              Aluna Débora de Sousa Magalhães

                                                                                                                              Professor Maurício Araújo

           A violência contra a mulher no Brasil vem aumentando assustadoramente.  A cada 12 segundos, uma mulher é violentada, dados altíssimos se comparados aos outros países.  61% das mulheres assassinadas são negras e 36% dos casos acontecem ao final de semana por seus parceiros. As leis deveriam ser mais rígidas para os que cometem esses tipos de violência, ou então, chegaremos a números ainda mais alarmantes.

          Muitas mulheres se casam e depositam toda sua confiança em um relacionamento conjugal, com a certeza de serem felizes. Elas se unem e acreditam ter encontrado o amor de suas vidas. Depois vêm os filhos, surgem os problemas financeiros e as brigas começam a aparecer. Logo pensam em separação, mas desistem ao imaginar que não teriam capacidades de viverem sozinhas.

         Seus ferimentos são muitos. Além dos físicos, existem os traumas psicológicos com sequelas para o resto da vida. O que falta ainda para as mulheres terem o seu valor é coragem de denunciar os abusos sofridos. Elas precisam fazer isso não pensando na consequência de suas denúncias, mas sim, na solução desses problemas.

         Em 2006, foi aprovada a Lei Maria da Penha com intuito de proteger mulheres de agressões, mas poucos foram os seus avanços. A violência ainda continua em diversos lares. Os casos de agressões são praticados, em sua maioria, por seus parceiros, namorados, ex-companheiros ou até parentes.

         Para ajudar as vítimas dessa violência desenfreada, é necessário ter mais delegacias, casas de apoio para as mulheres e projetos públicos que incentivem a participação da comunidade em denunciar os crimes e protegê-las. As leis também devem ser mais rígidas e punir com mais justiça os agressores. Oferecer um apoio psicológico tanto à vítima como também ao agressor seria um meio de amenizar tais atos de abuso.  Apoio é o que elas mais precisam, pois não é fácil conviver com a violência dentro da própria casa.

                                                         Magalhães, Débora de Sousa, Setembro de 2016 / Escola João Moreira Barroso/Prof. Maurício

                                         Disponível em: http://tudosaladeaula.blogspot.com/2017/08/chega-de-violencia-aluna-debora-de.html Acesso em 14 de maio de 2020.

 

         Agora que você já compreendeu o gênero artigo de opinião, produza um artigo referente a um assunto do momento, não se esquecendo de obedecer à estrutura que esse gênero deve ter:

 

    >Título;

    >Parágrafo introdutório, no qual os elementos principais da ideia a ser retratada são evidenciados.

    >Desenvolvimento, no qual são expostos os argumentos em defesa de um ponto de vista a ser defendido;

    >Conclusão, na qual ocorre o fechamento de todas as ideias abordadas ao longo do discurso. 

Por hoje é só pessoal! Fique em casa e lave bem as mãos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *