Portal NetEscola

Portal de conteúdo para alunos da Rede Pública de Goiás.

Aula 1 – Geografia – 8 º Ano - 02/04/2020

OLÁ GALERA!!! TUDO EM PAZ???

NA NOSSA AULA DE HOJE APRENDEREMOS SOBRE NEOCOLONIALISMO NO SÉCULO XIX.

NEO SIGNIFICA NOVO…

ISSO QUER DIZER QUE OCORREU COLONIALISMO BEM ANTES TAMBÉM, NO SÉCULO XV.

Baseando-se nos seus conhecimentos prévios e nas imagens abaixo, faça um comentário no seu caderno, que caracterize o Colonialismo do século XV e o Neocolonialismo do século XIX.

MUITO BEM!!! VAMOS EM FRENTE PARA NOS APROPRIAR DE MAIS CONHECIMENTOS SOBRE O TEMA…

LEIA ATENTAMENTE O TEXTO!!!

Relações entre o Brasil e a África

A maioria dos países que compõem o continente africano apresenta muitas similaridades com o Brasil. Primeiramente, os aspectos naturais de ambos têm em comum a presença de extensas áreas florestadas, como a Amazônia brasileira e a Floresta Equatorial do Congo. Em seus territórios estão localizados os dois maiores rios em volume de água do mundo, o rio Amazonas e o rio Congo, respectivamente. Outro ponto em comum são as enormes faixas de clima tropical recobertas por vegetação esparsas, conhecida como Savanas, na África, e Cerrado, no Brasil. Na literatura de língua inglesa, o Cerrado é conhecido como Brazilian Savanna, ou seja, a Savana Brasileira.

Com relação aos aspectos humanos em comum, podemos destacar o processo de ocupação realizado pelos europeus, fundamentado na exploração e pilhagem de recursos naturais, período conhecido como Colonialismo. A ocupação europeia privilegiou a produção de matérias-primas e introduziu o caráter predatório de diversas atividades ligadas ao setor primário, como a extração de madeira e as monoculturas de produtos tropicais, também conhecidas como plantations. A colonização de exploração adiou a industrialização dos países ocupados e contribuiu para o subdesenvolvimento econômico e social, características que são compartilhadas entre o Brasil e todos os países africanos.

Ainda durante o processo de colonização, outro elemento começou a aproximar a África do Brasil: o escravismo da população negra. A migração compulsória de pessoas de etnias negras africanas para o Brasil trouxe ao país cerca de 4 milhões de trabalhadores escravos, que foram empregados principalmente nas atividades ligadas aos ciclos econômicos, como o da cana-de-açúcar no Nordeste e a mineração e o café no Sudeste. Atualmente, é notória a influência africana em nossa sociedade na cultural em geral, como nos elementos incorporados pela língua portuguesa, toponímia, hábitos alimentares e crenças religiosas.

A África também atravessou um processo chamado de neocolonialismo, quando os interesses europeus se concentraram na produção de matérias-primas com ênfase nas demandas da Revolução Industrial, que obrigava os países em processo de industrialização a buscar maiores suprimentos de minérios e fontes de energia, como o minério de ferro e o carvão mineral. Tais interesses tornaram os países africanos uma espécie de balcão de negócios das potências europeias, o que acabou formalizado a partir da Conferência de Berlim, entre os anos de 1884 e 1885, acordo que definiu os limites das possessões europeias na África.

Enquanto a África iniciava o neocolonialismo, o Brasil já estava experimentando a independência política. Ainda assim, a economia brasileira manteve a base primária, como a africana, tendo na produção cafeeira – produto tropical originário do continente africano – a principal atividade econômica e de atração de imigrantes para o Brasil até o período correspondente às duas grandes guerras, no início do século XX. Nos dias atuais, as atividades primárias como a agropecuária e os extrativismos vegetal e mineral continuam representando o sustentáculo da economia dos países subdesenvolvidos africanos. Mesmo o Brasil sendo um país industrializado, as produções da soja e de minério de ferro correspondem aos principais produtos da pauta de exportação brasileira.

AGORA VAMOS TESTAR OS SEUS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS SOBRE O TEMA???

VÁ RESPONDENDO NO SEU CADERNO.

ALÉM DO TEXTO, PESQUISE NA INTERNET PARA SE APROPRIAR CADA VEZ MAIS DO TEMA.

1 – A organização do espaço latino-americano foi fortemente influenciada pelo sistema de exploração colonial. Aponte exemplos dessa influência na atualidade.

2 – África vive (…) prisioneira de um passado inventado por outros. Os conflitos existentes na África, juntamente com a fome e as epidemias, são elementos que constituem o triste cenário deste continente. Explique por que existem, ainda nos dias atuais, intermináveis guerras regionais.

3 – Agora você irá analisar uma charge. Preste atenção nos detalhes!!!

QUAIS FORAM AS SUAS CONCLUSÕES?

VAMOS PARA A FINALIZAÇÃO AGORA!!!

4 – O subdesenvolvimento é uma característica marcante na América Latina.  Muitos países apresentam sérias dificuldades financeiras, reforçadas pela dívida externa. Como o modelo de colonização implantado pelos europeus influenciou na formação dessa realidade?

05. Fale de forma resumida sobre a partilha do continente africano no final do século XIX pelos colonizadores europeus e por que grande parte destas fronteiras foi mantida após o processo de independência dos países africanos.

UFAA!!!! CHEGAMOS AO FINAL DE MAIS UMA AULA!!!

BEIJINHOS CARINHOSOS!!!

Últimos Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *