Portal NetEscola

Portal de conteúdo para alunos da Rede Pública de Goiás.

Portal NetEscola

Aula 3 – Língua Portuguesa 9º Ano - 20/04/2020

NOSSO TEMA DE HOJE É O GÊNERO TEXTUAL CONTO.
VAMOS INCIAR ACESSANDO O LINK QUE SE SEGUE E LER O SEGUINTE CONTO:

Quem não conhece a história de Chapeuzinho Vermelho? Inspirado nesse conflito fantástico, com uma linguagem toda sua, muito gostosa, Guimarães Rosa presenteou-nos com a história da menina Fita-Verde.

Fita verde no cabelo – nova velha história, de João Guimarães Rosa.

https://rodrigogurgel.com.br/wp-content/uploads/2016/10/Fita-Verde-no-Cabelo-%E2%80%94-G.-Rosa.pdf

Sobre Guimarães Rosa, acesse o Ícone que se segue e conheça a história desse grande escritor brasileiro.

https://www.ebiografia.com/guimaraes_rosa/

ATENÇÃO!!!

Intertextualidade: é a citação de um texto por outro. Não aquela citação clara, que deixa trechos entre aspas. Referindo-nos à citação implícita: o leitor lê o texto e se lembra do outo, do anterior, porque os personagens, o enredo e, às vezes, até a linguagem, são parecidos.

Quando um texto é muito semelhante ao outro, apresentando uma variação mínima, trata-se de Paráfrase.

Quando há desencontro de ideias entre um texto e outro, acontece uma Polêmica.

Quando há o tom do riso, do humor e da sátira, estamos diante de uma Paródia.

VAMOS TRABALHAR COM O TEXTO DE GUIMARÃES ROSA?

RESPONDA AS QUESTÕES QUE SE SEGUEM NO CADERNO.

 

01 –  FITA VERDE NO CABELO estabelece uma intertextualidade com a história de Chapeuzinho Vermelho. Justifique, mostrando semelhanças entre os dois textos quanto a:

a)                       Personagens:

b)                      Ações da personagem principal:

c)                       Espaços da narração:

 

02  –  O subtítulo “Nova velha história” anuncia a intertextualidade. Por quê?

 

03  –  Guimarães Rosa, nesse texto, tem uma linguagem nova, que foge aos padrões cultos da língua, ele faz uso do neologismo. Neologismo é o processo de criação de uma nova palavra na língua devido à necessidade de designar novos objetos ou novos conceito.  Aponte exemplos dessa linguagem, conforme modelo indicado:

Parágrafo 1:_____________________________________________________________

Parágrafo 2:_____________________________________________________________

Parágrafo 3:_____________________________________________________________

Parágrafo 4:_____________________________________________________________

 

04  –  A palavra lobo, no terceiro parágrafo, aparece grafada com letra minúscula, mas, no penúltimo, com letra maiúscula: “ Vovozinha, eu tenho medo do Lobo”! Lobo, nesse último caso, teria algum significado especial? Qual? Justifique sua resposta.

 

05  –  Retire do texto um exemplo de discurso direto.

 

O texto que acabamos de ler é um conto. O conto é um dos gêneros narrativos mais comuns na tradição da literatura brasileira. Grandes autores, como Álvares de Azevedo,  Machado de Assis ou Mário de Andrade, são reconhecidamente excelentes contistas. Existem, inclusive, alguns tipos ou subcategorias desse gênero, entre os quais estão: o conto de fadas,  o conto de enigma, o conto de mistério, o conto de terror, entre outros.

Acesse o link que se segue e se aproprie sobre o gênero textual conto. Aprenda sobre a estrutura e elementos que o compõem.

https://brasilescola.uol.com.br/literatura/o-conto.htm

Professora



PARA SABER MAIS SOBRE O GÊNERO CONTO, ASSISTAM AO VÍDEO:

Nesse vídeo, a professora faz uma análise literária do conto “Mariana” de Machado de Assis.

(Não esqueça de pular o anúncio)

PARA ENCERRAR A NOSSA AULA VAMOS PESQUISAR SOBRE:

Discurso direto e indireto nos contos.

PESQUISE LIVREMENTE NA INTERNET, MAS VOU DEIXAR UM LINK TAMBÉM. https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/portugues/o-que-e-discurso-direto-indireto-indireto-livre.htm

BONS ESTUDOS GALERA. ATÉ BREVE…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *