Portal NetEscola

Aula 4 – Língua Portuguesa 9 º ano - 27/04/2020

OLÁ PESSOAL!!! TUDO TRANQUILO? HOJE CONTINUAREMOS APRENDENDO SOBRE CONTOS. VAMOS LÁ?

VAMOS INICIAR COM UMA PEQUENA REVISÃO E EM SEGUIDA ACESSEM O LINK E ASSISTAM AO VÍDEO.

   O conto é uma obra de ficção, um texto ficcional. Cria um universo de seres e acontecimentos de ficção, de fantasia ou imaginação. Como todos os textos de ficção, o conto apresenta um narrador, personagens, tempo, espaço, enredo, conflito. Classicamente, diz-se que o conto se define pela sua pequena extensão. Mais curto que a novela ou o romance, o conto tem uma estrutura fechada, desenvolve uma história e tem apenas um clímax. Num romance, a trama desdobra-se em conflitos secundários, o que não acontece com o conto.

 

Em seguida vamos acessar dois links, o primeiro para relembrar o que é foco narrativo e o segundo, que é um vídeo sobre tipologia textual.

TUDO BEM ATÉ AÍ? VAMOS EM FRENTE. O TEXTO QUE IREMOS LER E INTERPRETAR É DE CLARICE LISPECTOR. PESQUISE NA INTERNET SOBRE MAIS DETALHES DA VIDA DESSA IMPORTANTE AUTORA.

 

Nome:
Clarice Lispector

Nascimento e morte:
10/12/1920 – 09/12/1977.

Natural:
Tchetchelnik – Ucrânia

AGORA VAMOS AO TEXTO DE CLARISSE LISPECTOR. ACESSE O LINK ABAIXO, LEIA ATENTAMENTE O TEXTO E RESPONDA AS QUESTÕES NO SEU CADERNO.

Interpretando e analisando o texto:


01) Por que “A galinha tornara-se a rainha da casa”?

 

2) Se em “Mesmo que ela cante baixinho, fará sucesso”, o trecho em negrito fosse substituído por “Mesmo que ela cantasse baixinho”, qual seria a continuação correta?

 

3) Analise as frases abaixo e transcreva a que contém discurso direto.

Era uma galinha de domingo. Ainda viva porque não passava de nove horas da manhã. Parecia calma.

Mal porém conseguiu desvencilhar-se do acontecimento, despregou-se do chão e saiu aos gritos:
— Mamãe, mamãe, não mate mais a galinha, ela pôs um ovo! Ela quer o nosso bem!

Uma vez ou outra, sempre mais raramente, lembrava de novo a galinha que se recortara contra o ar à beira do telhado, prestes a anunciar.
Afinal, numa das vezes em que parou para gozar sua fuga, o rapaz alcançou-a. Entre gritos e penas, ela foi presa.

 

04. Transcreva três trechos citados do texto, onde há adjetivo.

 

05. Por que, afinal, a família desistiu de comer a galinha? E por que, tempos depois, eles decidem comê-la?

 

06. Às vezes, a narrativa do conto oscila entre a humanização e a animalização da galinha. Cite trechos do texto que comprovam essa afirmativa.

 

08.Percebe-se, no conto, que o narrador(a) faz uma projeção da galinha para uma mulher/mãe que gostaria muito de não ter o sentido de sua vida reduzido à maternidade. Não quer (ou não ousa) cantar como o galo (ou cantar de galo), mas ficaria feliz em saber que pode.
Qual a relação da projeção feita pelo narrador(a) com as mulheres atuais? Justifique sua resposta.

 

09. Qual é a(s) personagem principal do conto?

 

10. Em que tempo e em que lugar se passa essa narrativa? Justifique sua resposta.

 

11.Que tipo de narrador está presente nesta narrativa? Justifique sua resposta.

 

12. Faça um resumo desse conto em, no máximo, cinco linhas, contando com suas próprias palavras o que você leu

QUASE ACABANDO... FAREMOS UMA PRODUÇÃO ESCRITA DO GÊNERO.

   Planeje a escrita do seu texto considerando a finalidade, as características e os elementos do conto. Não se esqueça da correção e revisão do texto.

 

   Lembre-se, um texto de qualidade deve ser projetado, rascunhado e revisado, sempre.

 

   Agora, use a sua criatividade! Escreva um conto com o tema: “Cotidiano (das personagens) interrompido por um fato inusitado”.

 

Assim que terminar seu texto, desenhe o quadro no caderno e o preenche:

CHEGAMOS AO FINAL!!! TRABALHAMOS BASTANTE HOJE, MAS FOI MUITO PRODUTIVO. ATÉ BREVE PESSOAL.

Últimos Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *