Portal NetEscola

IMC – Controle de Peso em Tempos de Pandemia – Aula 1 - 25/05/2020

Objetivo: Avaliar e conscientizar a importância do controle de peso, através do IMC, dos alunos e familiares (que moram na mesma residência), investigando as diferenças entre os sexos e faixa etária.

 

Considerando a saúde como uma questão de educação, a escola caracteriza-se como um dos locais mais privilegiados para desenvolver programas e estratégias de educação para a saúde e estilo de vida fisicamente ativo. Dessa maneira, o Programa Desporto Educa se apresenta como um importante aliado para o desenvolvimento da aptidão física dos alunos, ou seja, o professor do Programa tem o dever de desenvolver métodos e estratégias para estimular crianças e adolescentes à iniciação de uma prática esportiva de forma prazerosa, mostrando que a atividade física aliada a hábitos saudáveis

promove melhor aptidão física, atuando na prevenção e no tratamento do sobrepeso e da obesidade infantil. Os Parâmetros Curriculares Nacionais apontam que a escola deve proporcionar condições para a promoção da saúde dos alunos e de desenvolvimento em todos os aspectos.

 

O que é o IMC?

 

A sigla IMC significa Índice de Massa Corporal. Foi implementado pela Organização Mundial de Saúde em 1997. O IMC corresponde a um padrão para avaliar os riscos relacionados com a insuficiência ou o excesso de peso.

 

Como calcular o seu IMC?

 

Para determinar a sua condição física, o cálculo do IMC necessita de especificar o seu sexo, a sua altura e o seu peso. Os resultados obtidos permitem assim conhecer o seu índice de massa corporal.

Note entretanto que o IMC serve apenas como ponto de referência. Se optar por empreender um regime alimentar, deve dirigir-se a um profissional.

Como interpretar o seu IMC?

 

Os resultados do cálculo de IMC são divididos em 7 categorias de condição física. Estas categorias foram baseadas na correspondência entre as taxas de mortalidade e o IMC:

Calcular o seu IMC, por quê?

 

O cálculo do seu IMC é essencial para conhecer os riscos que a sua massa adiposa e o seu peso têm para a sua saúde. Um cálculo do IMC elevado irá mesmo dar-lhe informações complementares.

Em função da sua idade, da sua morfologia e da sua atividade, pode saber qual é o seu metabolismo de base. Um metabolismo de base corresponde ao gasto de energia do seu corpo em repouso. Esse metabolismo difere de uma pessoa para outra.

O cálculo do IMC impulsionado pode ajudá-lo(a) a descobrir o seu peso saudável ou peso ideal. Esta é uma medida muito mais precisa do que o IMC uma vez que define qual o peso que terá menor impacto sobre a sua saúde. Expresso em quilogramas, ele diz-lhe exatamente qual o caminho a percorrer em relação ao seu peso atual.

 

Todos estes elementos são importantes para fazer uma avaliação da sua saúde. O cálculo do seu Índice de Massa Corporal é portanto o ponto de partida para o seu bem-estar.

O cálculo do IMC para as mulheres e para os homens.

 

O índice de Massa Corporal permite situar uma pessoa numa norma de condição física. Este índice foi implementado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Ele permite determinar a subnutrição ou o excesso de peso de uma pessoa adulta.

 

 

O IMC na mulher

 

Geralmente muito fiável, o cálculo do IMC é uma ferramenta de cálculo simplificado. É por isso que é comum ao sexo masculino e ao feminino

No entanto, é a interpretação do IMC que se deve moderar. É visualmente que a diferença entre o homem e a mulher mais se sente. Por exemplo, numa mulher, o IMC que determina a obesidade começa a partir de 30. Visualmente, essa obesidade é realmente visível com um IMC de 29,9. A linha é portanto muito fina. Num homem, por outro lado, a obesidade só é notada a partir de 31,5. A realidade visual nos homens é portanto mais ampla do que o previsto pelo cálculo do IMC.

   No entanto, os metabolismos são diferentes entre os dois sexos e certas particularidades têm de ser especificadas.

 

O IMC no homem

 

Embora o cálculo do IMC e os resultados sejam idênticos, existem fatores exteriores que devem ser tidos em conta.

 No plano físico e genético, os homens têm mais músculos. Isto significa que a sua massa muscular consome mais energia do que a das mulheres. De facto, quanto mais a pessoa é musculada mais o seu metabolismo basal (a necessidade energética em repouso) é elevado. Um homem sem atividade vai, portanto, gastar mais energia num dia, em comparação com uma pessoa do sexo feminino.

 Além disso, os homens têm menos massa dita “gorda” do que as mulheres, mas mais massa “magra”. O seu organismo inclui igualmente menos células adiposas. É isso que lhes permite “derreter” gordura mais rapidamente.

 

 

 

Fonte Bibliográfica:

  • https://www.monografias.ufop.br/bitstream/35400000/682/1/MONOGRAFIA_Preval%C3%AAnciaSobrepesoObesidade.pdf

      2 – https://www.meu-imc.com/

 

ATIVIDADE PROPOSTA

 

1)Durante três semanas, uma vez por semana, o aluno pesa ele e seus familiares. No final faz uma reflexão se houve aumento, diminuição ou manteve o peso. O que o aluno atribui a isso?

PREVENÇÃO:  CERTEZA DE SAÚDE

CONTROLE DO PESO

NOME DO ALUNO (A): _______________________________________________

ALTURA:  ________ PESO INICIAL: _________  IMC = PESO / ALTURA² ________

 

 

 

 

 

 

 

Material Produzido por:

 

Cremilda Batista – Superintendência de Desporto Educacional, Arte e Educação

Sandra Santos – Superintendência de Desporto Educacional, Arte e Educação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *