Portal NetEscola

Manifestações culturais de minorias étnicas – 3 ª e 4 ª Aula – Geografia – 9 º Ano - 22/05/2020

Olá pessoal! Vamos para mais uma aula?

Cultura e Globalização

     O espaço geográfico encontra-se repleto de elementos próprios do processo de globalização, como as antenas de TV e celular, os meios de transporte cada vez mais modernizados, os cabos de fibra óptica, as redes (que nem sempre são visíveis, mas se fazem presentes no espaço), entre outros elementos.

     Isso também acontece com a cultura. O espaço geográfico constrói suas bases em inúmeros campos e configurações (economia, política, sociedade, educação), de modo que a cultura se encontra plenamente inserida nesse contexto. Assim, observam-se as transformações das paisagens que variam do natural ao cultural, carregando ambientes constitutivos de todas as sociedades capitalistas, mas com elementos culturais locais ou regionais, que denotam a singularidade dos lugares.

     Mas como podemos compreender o comportamento e as transformações da cultura na era da globalização? Como elas se expressam em um espaço social cada vez mais interligado com o global? É possível dizer que estamos passando por uma padronização cultural?

    Com a Globalização, ampliaram-se as facilidades de comunicação e, consequentemente, a transmissão dos valores culturais. Assim, observa-se que as diferentes culturas e os diferentes costumes podem se interagir sem a necessidade de uma integração territorial. Entretanto, observa-se também que esse processo não se dissemina de forma igualitária, de modo que alguns centros economicamente dominantes transmitem em maior número os seus elementos culturais.

     Um exemplo disso é a chamada Indústria cultural, termo criado por sociólogos no início do século XX, mas que se mantém atual. Essa indústria é capaz de gerar e controlar os padrões de comportamento e os costumes das pessoas, como as roupas, os padrões de etiqueta e comportamento, as atividades de lazer que exercem etc.

     Por esse motivo, muito se fala em uma homogeneização das culturas, isto é, a padronização dos modos de ser e agir dos indivíduos com base em uma referência dominante, fazendo sucumbir os valores locais e tradicionais. Nesse sentido, muitos acusam o processo de globalização de ser um sistema perverso, uma vez que ele não se democratiza inteiramente e só atinge os setores economicamente dominantes do mundo e das sociedades.

     Por outro lado, à medida que os sistemas de comunicação, informação e transporte vão elevando a sua capacidade de disseminação, observamos também a possibilidade dos costumes e valores locais se oporem aos elementos globais. Isso ocorre a partir do momento em que comunidades tradicionais ou culturas regionais conseguem disseminar e divulgar para além de suas fronteiras as suas características. Com base nessas concepções, há quem diga que a Globalização, na verdade, promove uma diferenciação cultural.

      Por fim, é necessário observar que há uma hierarquia nos sistemas de comunicação. Apesar do advento da internet e da possibilidade de expressão por parte de inúmeras pessoas, ainda algumas formas de pensamento e ideias socialmente dominantes sobrepõem-se às demais, através do uso preferencial sobre os elementos midiáticos, a exemplo do que ocorre com filmes e seriados, geralmente mantidos sob um padrão e influenciando os estereótipos comportamentais. Nesse sentido, muitos são os que afirmam que, na verdade, o que ocorre é uma hegemonização cultural na globalização.

     Mas antes de tirarmos uma conclusão definitiva sobre os elementos culturais e suas transformações na mundialização das sociedades, é necessário estarmos sempre atentos aos eventos e informações, sempre com a preocupação de compreender e assimilar os fatores modernos da sociedade, sem negar ou sobrepor os valores tradicionais dela constitutivos. 

Texto disponível em: https://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/cultura-globalizacao.htm

Acesso em 07 de maio de 2020

ATIVIDADES

Leia os textos a seguir.

 

“Cultura é o quê? Cultura são mãos empoeiradas, pés rachados, no chão, árido, seco, mas com uma esperança de que tudo vai melhorar. Cultura são mãos calejadas da roça, sofrida, da criança brincando de esconde-esconde, de bolinhas de gude, de pião, arrastando a bunda no chão, das roupas rasgadas, mas feliz com apenas um pedaço de pão. “

                                                                                          (Autor desconhecido)

 

“Cultura é mulher rendeira, oleira, tecendo tricô, crochê, costurando cobertor de tacos de panos. É valorizar a vida das pessoas conforme seus princípios, sua criação… mais o amor valendo em tudo para superar os maus-tratos as dores… e você se vê valorizado pelo que é, faz e projeta. Cultura é tudo que você imagina, realiza, sonha, projeta e ajuda a transformar em realidades.”

                             (Joeldo Santana São José do Jacuípe-BA, 22/01/2008-4.)

 
 

De acordo com os textos, responda

a) O que podemos compreender como cultura?

b) Qual é a diferença entre um mundo cultural e o natural 

 

02. Observe as imagens a seguir.

Disponível em:

https://wallhere.com/pt/wallpaper/1348505 https://br.pinterest.com/pin/522839837985790662/

Acesso em: 08 de maio de 2020

               A indústria cultural tem como mercadoria os símbolos que em grande parte são inseridos no imaginário das pessoas como demonstração de poder e destaque social. A representação de personagens comumente influencia ideias e comportamentos de sujeitos que buscam nestes uma representatividade.

 

Deste modo:

 

       a) quais são os padrões reforçados por estas imagens?

 

       b)estes padrões podem influenciar ou influenciaram comportamentos? Como?

 

       c)as pessoas que não estão de acordo com esta estética são tratadas de maneira diferenciada? Por quê?

 

3) Observe as imagens. 

Disponível em: https://professoramarizetecajaiba.blogspot.com/2013/08/exemplo-de-avaliacao-de-geografia.html Acesso em: 08 de maio de 2020

        As imagens desses produtos nos passam a ideia de um importante aspecto da globalização: “homogeneização das culturas “. Portanto, o que é entendido como homogeneização das culturas?

 

 

4)Explique através de exemplos como um adolescente no seu dia a dia, através do consumo de produtos, pode estar participando deste aspecto da globalização, ou seja, homogeneização das culturas.

 

 

5) “O mundo se mantem interligado: Telefones fixos e celulares, rádios, televisões e cada vez mais pessoas fazem parte da rede de computadores, como a internet, onde informações de todos os tipos são trocadas, produtos são vendidos, pessoas se conhecem e mantém contato; os acontecimentos são transmitidos para qualquer lugar do mundo no exato instante em que estão ocorrendo.”

 

Deste modo, que fato possibilitou que todo esse processo acontecesse?

Por hoje é só pessoal, até a próxima aula, fique em casa e lave bem as mãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *