Portal NetEscola

Propaganda de Rádio e TV – 6 ª Semana – Língua Portuguesa – 9 º Ano - 08/06/2020

Bem vindos
para mais uma aula,
pessoal!

Hoje continuaremos a falar sobre...

Propagandas de Rádio e TV

Como já vimos alguns conceitos relacionados à propaganda na aula anterior, vejamos, agora, de forma mais específica, as Propagandas de Rádio e TV.

 

Vamos lá?

→ A propaganda de TV tem uma aceitação grande, pois contém imagem, vídeos e um custo alto; mas seu alcance atinge um público enorme.

 

→ A propaganda de Rádio também tem grande visibilidadeabrange um público muito amplo, mas se difere da propaganda de TV, nela não há imagens. Ela não conta com os elementos constantes em uma imagem. A propaganda de rádio necessita, principalmente, de um bom roteiro, pois somente o áudio será transmitido. As pessoas irão somente ouvir, por isso, será repetida várias vezes. O público na rádio precisa ser lembrado da propaganda.


LOCUÇÃO DE RÁDIO

→ O rádio, assim como a televisão, é um dos mais importantes meios de comunicação, responsável pela difusão de entretenimento e de informação para grande parte da população. Esse veículo de comunicação de massa atua como instrumento de disseminação de notícias, informações, prestação de serviços, entretenimento, cultura, educação e publicidade. Apesar dessas qualidades, contudo, o rádio depende basicamente de um profissional: o locutor, elemento vital para seu sucesso.

→ O locutor é aquele que, apenas com palavras, consegue transformar um meio basicamente auditivo em imagens, estimulando a imaginação do radiouvinte a criar a sua própria representação do que está sendo dito. É aquele que, simplesmente lendo um texto, conquista a audiência e provoca os mais variados sentimentos e reações.

Disponível em: https://www.tevepro.com/locutor  Acesso em 20 de maio de 2020.

 

Termos gerais usados na rádio para produção de propagandas:

a) Locutor: aquele que fala, reproduz a propaganda. É necessário ter boa pronúncia, ser claro e objetivo, pois o tempo é curto.

 

b) Locução: é o nome que se dá ao texto que o locutor fala.

 

c) Spot: geralmente, é um tipo de anúncio ou propaganda, um texto comercial pequeno.

 

d) Vinheta: é a assinatura de uma marca. Feita de frases curtas, de apenas alguns segundos, sua função é marcar a entrada ou a saída de um programa, um texto cantado.

 

e) Jingle: é uma peça musical, com letra e melodia, em que o anúncio é cantado para gerar empatia e memorização, contém frases com trocadilhos e repetições de palavras.

 

f) Esperas: é o tempo de espera durante as chamadas telefônicas.

 

Disponível em: https://teletronix.com.br/blog/vinhetas-para-radio-qual-a-importancia-delas-para-seu-publico/ Acesso em 19 de maio de 2020. (Adaptado)

As propagandas podem atingir todo tipo de alvo

Spot de Rádio deve atentar para o tempo de duração que pode variar de 15 a 60 segundos.

 

Veja abaixo algumas dicas básicas para um spot de qualidade:

 Clareza no nome da empresa ou instituição;

– Tem que conquistar o ouvinte a ouvir o comercial até o fim;

– Linguagem direta, sem enrolação, direto ao ponto;

– O principal assunto deve vir logo no início para que o ouvinte se interesse e permaneça sintonizado.

Propaganda para criança

    Pesquisas apontam que, no Brasil, as crianças influenciam em até 80% as decisões de consumo das famílias. As crianças não têm maturidade suficiente para se proteger da persuasão exercida pela publicidade, sendo facilmente seduzidas para o consumo.

     Em um sistema democrático, não pode ser delegado ao Estado o poder de decidir sobre os hábitos de consumo de um indivíduo. A conscientização de uma criança nasce da boa orientação passada pelos pais, e não de uma norma imposta por decreto. A obesidade não é causada pela propaganda, mas, sim, por uma série de fatores, desde socioculturais até genéticos. O que falta é uma boa educação alimentar. Não adianta impedir a publicidade de alimentos gordurosos se, em casa os pais não possuem hábitos saudáveis.

     Ninguém questiona que as propagandas abusivas devam ser controladas. A questão é que já há mecanismos eficientes para isso no Brasil. O Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar) tem uma resolução que trata do cuidado com público infantil, e nosso Código de Defesa do Consumidor é um dos mais avançados do mundo.

Disponível em : https://super.abril.com.br/mundo-estranho/a-publicidade-deve-ser-proibida-para-criancas/ Acesso em 16 de maio de 2020.


    

    Nos Estados Unidos, a simples reorganização dos refeitórios gerou resultados impressionantes. O que foi feito?

 

» Cartazes e banners com fotos maravilhosas de alimentos saudáveis logo na entrada;

 

» Mesas com buffet permanente de frutas cortadinhas;

 

» Frutas e legumes em bandejas separadas por cor, apresentados bem suculentos;

 

» Refrigerantes, frituras, guloseimas fora do alcance dos olhos e da mão – todos escondidos atrás do balcão, se a criança quiser, vai ter que pedir. 

     Podemos tomar emprestadas essas ideias e testar em casa.

     Os “garotos-propaganda” não poderiam ser melhores: os pais. 

     Saborear essas delícias em família é o melhor exemplo… A propaganda é inteiramente fundamentada na marca. Todos os outros apelos são para enaltecer a assinatura, a marca. Podemos convidar as crianças a pensar em nomes, slogans e enredos divertidos para os alimentos.

ATIVIDADE 1

Observe o texto 1 e responda:

 

Texto 1

 

01) Qual o público alvo?

 

02) Percebe-se que por se tratar de uma campanha publicitária para promover  alimentos saudáveis, são promovidos alimentos de hortifruti. Você consegue identificar o produto oferecido na propaganda? Acha que ele é realmente importante para a nossa saúde?

 

03) Faça uma pesquisa e descubra qual a importância do limão para a nossa saúde e escreva, no seu caderno, um pequeno resumo do que você descobriu de mais importante.

 

04) A caracterização da fruta remete a qual super-herói?

 

05) Qual é o Slogan do texto?

Texto 2

01) Qual o produto em divulgação?

 

02) Qual a frase de persuasão que você observa na propaganda?

 

03) O público alvo é específico, qual seria?

 

04) Há um enfeite  no produto o qual está intimamente ligado  à super-heroína. A qual super-heroína o texto se refere?

 

05) Na sua opinião aparece uma associação de prazer, poder e até de fantasia na propaganda, por quê?

Texto 3

Texto 4

01) Na comparação dos textos 3 e 4, qual o público alvo em comum?

 

02) No texto 4, há um trocadilho com um filme clássico. Qual o é trocadilho e a que filme se refere?

 

03) No texto 3, também há um trocadilho com um filme. Qual o é trocadilho e a que filme se refere?

 

04) No texto 3, o que chama a sua atenção na caracterização dos personagens, na composição das imagens?

 

05)Quais são os slogans do texto 1 e do texto 2?

 

06) O você que observou que há em comum em todos os produtos oferecidos?

 

Disponível em: https://www.facebook.com/comermelhorNutricionista/photos/rpp.429595713752554/3067647193280713/?type=3&theater   Acesso em 15 de maio de 2020

ATIVIDADE 2

Produção textual

 

        Agora segue para vocês uma sugestão: baseado na campanha de alimentos saudáveis para pais e filhos, o que é perfeito em tempos de Pandemia, você fará a sua Propaganda.

        Por onde começar? Primeiro releia as orientações nos textos acima e nas atividades realizadas. Tenha às mãos: o produto, seu público alvo e sua mídia e comece a trabalhar com eles. Terminado o texto, revise-o.

ATIVIDADE 3

Produção Textual

 

       Agora faça você o seu próprio texto, escreva a sua propaganda de rádio. Após reler os nossos estudos, escolha seu produto, seu público-alvo, sua mídia, etc., e faça uma locução perfeita.

       Lembre-se de que, assim que terminar de escrever seu texto, revise, corrija e aprimore sua produção, para que fique tudo perfeito e seja um sucesso na mídia que escolher publicar! Se necessário, faça correções de concordância, ortografia, pontuação, imagens, se for o caso, cortes ou acréscimos etc.

 

      Capriche na locução!

Por hoje é só, pessoal! Fique em casa e lave bem as mãos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *