Portal NetEscola

Revolução Francesa e seus desdobramentos: Revolução Francesa e a Declaração Universal dos Direitos do Homem – 1ª SEMANA – História – 8° Ano - 04/08/2020





Bem vindos para mais uma aula pessoal!

I.OBJETO DE CONHECIMENTO: Revolução Francesa e seus desdobramentos: Revolução Francesa e a Declaração Universal dos Direitos do Homem.

 

II. ATIVIDADES:

1- Observe a Imagem abaixo:

“O juramento na Sala de Jogo de Paume”, de Jean-Louis David, ilustra a união entre parte do SegundoEstado e o Terceiro.”

 

         Pressionado pela crise, o rei Luís XVI convoca os Estados Gerais, uma assembleia formada pelas três divisões da sociedade francesa. Desta forma, reunidos no Palácio de Versalhes, o Terceiro Estado e parte do Primeiro Estado (baixo clero) se separa da Assembleia. Em seguida, declaram-se representantes da nação, formando a Assembleia Nacional Constituinte e jurando permanecer reunidos até que ficasse pronta a Constituição.

A partir desta imagem, elabore um breve texto e nele descreva os principais desdobramentos que aconteceram com a união do terceiro estado e parte do primeiro estado:

 

2- Observe a charge abaixo:

(Quino. Toda a Mafalda. Lisboa : Publicações Don Quixote, 1989, p.420.)

         A charge da Mafalda, aborda a questão dos direitos humanos, eles são presentes na atualidade para assegurar  a garantia de igualdade e respeito ao ser humano. Sabemos que, assim como nesta charge, a questão dos direitos humanos, também foi discutida durante a Revolução Francesa. E como resultado tiveram a elaboração da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.  Descreva quais os principais pontos que esta declaração assegurava.

 

3- A Revolução Francesa, iniciada no dia 17 de junho de 1789, foi um movimento impulsionado pela burguesia e que contou com uma importante participação dos camponeses e das massas urbanas que viviam na miséria. Para fins de estudo a revolução Francesa foi dividia em fases, quais são estas fases?

 

4- Leia os dois artigos seguintes, extraídos da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 26 de agosto de 1789.

 

        Artigo 1º: Os homens nascem e permanecem livres e iguais em direitos. As distinções sociais não podem ser fundamentadas senão sobre a utilidade comum. 

       Artigo 6º: A lei é a expressão da vontade geral. Todos os cidadãos têm o direito de concorrer, pessoalmente ou pelos seus representantes, na sua formação. Ela tem de ser a mesma para todos, quer seja protegendo, quer seja punindo. Todos os cidadãos, sendo iguais aos seus olhos, são igualmente admissíveis a todas as dignidades, lugares e empregos públicos, segundo a capacidade deles, e sem outra distinção que a de suas virtudes e talentos. 

 

a)Em qual contexto histórico foi elaborada a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão?

 

b) Cite duas ideias expressas na Declaração que representaram uma ruptura da prática política até então vigente.

5- Internamente, a crise começava a provocar divisão entre os próprios revolucionários. Os girondinos – representantes da alta burguesia, defendiam posições moderadas. Por sua parte, os jacobinos – representantes da média e da pequena burguesia, constituía o partido mais radical, sob a liderança de Maximilien Robespierre. Foi assim instalada a ditadura jacobina que introduziu novidades na Constituição. Quais são elas?

Por hoje é só pessoal! Fique em casa, se sair use máscara e lave as mãos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *